III COLÓQUIO FERNANDA REBELO PINTO.png

SOBRE O COLÓQUIO

O Colóquio Fernanda Rebelo-Pinto faz parte da atividade obrigatória Seminário de Pesquisa. Esta atividade foi assim designada para homenagear nossa colega, a professora Fernanda Rebelo-Pinto, uma das idealizadoras da proposta, que faleceu em novembro de 2018, deixando uma lacuna na linha de pesquisa em História das Ciências e em nosso convívio acadêmico e afetivo no PPGEFHC. O Colóquio consiste em um evento semestral aberto a comunidade acadêmica, na condição de ouvinte, ocorrendo em um período de 2(dois) dias. Porém, a apresentação de trabalhos sobre as pesquisas em desenvolvimento é restrita aos discentes dos cursos de Mestrado e Doutorado do PPGEFHC, que estão matriculados no componente curricular Seminário de Pesquisa no semestre em curso.

 

O Colóquio Fernanda Rebelo-Pinto tem o propósito de socializar com a comunidade acadêmica, o andamento de pesquisas que vem sendo realizadas no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (PPGEFHC). O Colóquio é composto das seguintes modalidades de apresentações: mesas-redondas, pôsteres de trabalhos sobre as teses e dissertações em andamento ou apresentação da produção de grupos de pesquisa vinculados ao Programa.

 

Uma pequena gigante da História das Ciências e da Medicina

Fernanda Rebello era uma carioca vibrante. A inquietude intelectual e política levou-a a muitos lugares, até decidir que era a Bahia que tanto procurava na sua busca por compreender o mundo e seu lugar nele. Nunca separou preocupações sociais e políticas de questões científicas, encontrando na História das ciências e da saúde pública o caminho pelo qual podia unificá-las. Era Graduada em Comunicação Social, Mestra em Saúde Pública, e Doutora em História das Ciências e da Saúde; um caminho totalmente interdisciplinar, o que era uma marca registrada de sua abordagem intelectual. Era uma amante da ciência que lutava por uma transformação profunda da nossa compreensão sobre o que é conhecer e o que fazer com nosso conhecimento. Estudou a medicalização nas prisões, mas seu interesse estava nas histórias de presas/os; pesquisou sobre profilaxia imigratória, mas queria encontrar de fato as/os imigrantes; investigou a relação entre clima e “raça” no discurso científico brasileiro, mas seu foco eram aquelas/es que foram racializadas/os. Fernanda era uma líder nata, aquela que conseguia unificar os mais diferentes propósitos científicos e políticos em uma sala de aula com discentes da Graduação ao Doutorado oriundas/os de múltiplas áreas. Esteve constantemente ao lado das/os estudantes nas suas lutas. No PPGEFHC, foi uma das chaves para a reformulação do componente Seminário de Pesquisa que deu origem a este Colóquio que hoje leva seu nome. Sua passagem foi muito curta entre nós, mas suficientemente marcante para ficar indelevelmente no hall da História das ciências na Bahia e no Brasil.

 

Victor R. Limeira da Silva.

Maio, 2021.

WhatsApp Image 2021-05-03 at 17.26.04.jp

CONTATO

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENSINO, FILOSOFIA E HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS

Contate-nos

Obrigado pelo envio!